quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Um 2012, 90.000 mil vezes melhor!


Neste primeiro ano de vida o blog “Os Güelos” chegou a mais de 90.000 visualizações de página. 

Desejamos a nossos leitores e colaboradores 90.000 mil calorosos abraços!
Um maravilhoso Natal e um 2012, 90 mil vezes melhor. 

Vários leitores perguntaram para o blog: o que é um Güelo?  E o que é a Güelândia?

Os güelos são personagens do livro “Os Estrúfoles Vermelhos” que escrevi. São seres imaginários criados na minha infância e adolescência. Esses personagens vivem em uma dimensão paralela a dos humanos, são como duendes. Não podem ser vistos, mas existem no imaginário de todos.
São bem baixinhos, não passam de 40cm de altura. Um güelo tem cabeça grande, orelha enorme e nariz maior ainda. O corpo é totalmente desproporcional. As mãos e as pernas são pequenas em relação ao enorme cabeção. O güelo é muito curioso, participa de tudo. Gosta de historias engraçadas, vive rindo, tem sempre alguma dica ou novidade para contar. 
Outras características diferenciadas são: o peido e o arroto. Um güelo peida muito e arrota toda hora. Isso é um sinal de muito respeito e educação na Güelândia.
A Güelândia é a cidade dos güelos. É muito curiosa e bastante original para nós. O céu é verde claro com dois sóis e duas luas. Existem pedras coloridas que andam para todos os lados, parecendo docinho de festa de aniversario.
Os güelos moram em ovos gigantes. A cidade é formada por inúmeros ovos que compõem o cenário urbano. As casas são construídas por um só ovo ou mais, de acordo com o tamanho da família, os edifícios são ovos empilhados sustentados por grossas vigas de madeira.
Na Güelândia não existe dinheiro. O güelo não trabalha, tudo que ele precisa está na cidade. É só pegar. Existe um sistema comercial de trocas, alguns güelos usam penas coloridas para compor uma troca especial. Essas penas coloridas nascem em árvores andantes, que habitam na cidade dos güelos. Para colher as penas é necessário subir nas árvores andantes, o que é muito difícil.
A cidade é organizada e limpa. Os carros flutuam por entre os güelos, que caminham tranquilos pelas ruas. Lá não existe mendigos, ladrões, doenças e todas as mazelas do nosso mundo.
A Güelândia é um lugar maravilhoso, vale apena conhecer melhor.

Veja nestes links capitulos do livro, “Os ESTRÚFOLES VERMELHOS”. 
Conheça mais sobre a Güelândia e seus habitantes, “Os güelos”.




Link do quarto capítulo:http://osguelos.blogspot.com/2011/07/estrufoles-vermelhos-4-capitulo-do.html


Muito obrigado pela companhia durante todo este ano de 2011. 

2 comentários:

  1. Parabéns pelo blog e sucesso sempre. Abração.

    ResponderExcluir
  2. Legal! Parabéns! Vou ler os capitulos.

    ResponderExcluir