sábado, 2 de junho de 2012

Quem inventou o avião? Com certeza não foi Santos Dumont.


Santos Dumont

Filho de um dos maiores cafeicultores do mundo, amigo de magnatas e princesas e provavelmente gay, era uma estrela dos cafés e dos bulevares de Paris durante a Belle Époque. Nos anos de paz, otimismo e inovação que alegraram a França no começo do século 20, enquanto os irmãos Lumière inventavam o cinema e os expressionistas inovavam a pintura, Santos Dumont encantava a capital do mundo com os balões. Provou que as estruturas movidas a hidrogênio ou ar quente poderiam ser dirigíveis e tornou propriedade pública o direito de alguns de seus inventos, permitindo que qualquer pessoa copiasse os projetos de graça.

Infelizmente, entre as conquistas do brasileiro não se inclui a descoberta do avião. Na verdade é um pouco infantil insistirmos que Santos Dumont inventou o avião. O crédito dessa descoberta é obviamente dos irmãos Orville e Wilbur Wright. Os dois fabricantes de bicicletas dos Estados Unidos voaram antes, voaram mais e contribuíram muito mais para a indústria aeronáutica que o inventor brasileiro. Os patriotas que defendem Santos Dumont como o grande pioneiro da aviação costumam se basear em dois argumentos principais:


Voo do 14 Bis
1. O argumento do registro oficial.
Santos Dumont foi o primeiro homem a registrar um vôo controlável com um objeto mais pesado que o ar (e não um balão de ar quente). Essa façanha ocorreu no dia 12 de novembro de 1906, no Campo de Bagatelle, arredores de Paris. A bordo do 14-Bis, ele voou uma distância de 220 metros. Apesar de ter atingido uma altura máxima de 6 metros, conquistou um prêmio de 1.500 francos do Aeroclube Francês, destinado a quem conseguisse voar por mais de 100 metros de distância. Já os irmãos Americanos Orville e Wilbur Wright e outros pioneiros, que afirmam ter voado antes de 1906, não registraram o feito nem o comprovaram em público como fez o brasileiro.


2. O argumento do estilingue
Os aviões dos irmãos Wright não saíam do chão usando força própria. Uma catapulta os impulsionava no momento da decolagem, que também era facilitada por uma linha de trilhos em declive. Como o comitê francês que premiou Santos Dumont proibia forças externas empurrando os aparelhos, a façanha dos Wright é inválida. 
Já o 14-Bis de Santos Dumont realizou um vôo autônomo, impulsionado por um motor próprio. 

Veja a seguir cinco razões para não acreditar nesses dois argumentos.
E uma boa história sobre prováveis picaretagens do grande herói brasileiro. Enquanto os irmãos Wright inventavam o avião, Santos Dumont construía balões.

1- É 17 de dezembro de 1903. Das 10 horas e 35 minutos até o meio-dia, os irmãos Orville e Wilbur Wright fazem pequenos vôos (de 36, 53, 61 e 260 metros) numa praia perto de Kitty Hawk, Carolina do Norte, Estados Unidos.

2- O Museu do Ar e do Espaço, da França, e a Associação Aeronáutica Internacional reconhecem o episódio como a primeira vez em que o homem saiu do chão com uma máquina dirigível mais pesada que o ar.

3- O Flyer 1 usa correntes de bicicleta, madeiras de construir casas e, exatamente como os aviões do futuro, hélices, um motor a gasolina e asas levemente curvas.

4- O garoto Johnny Moore, o salva-vidas John Daniels e mais outras duas pessoas testemunham o fato; uma foto o registra. Um operador de telégrafo transmite a notícia para o pai, fazendo a novidade, contra a vontade dos dois irmãos, vazar para a imprensa.

5- O jornal Dayton Daily News começa citando um homem que na época fazia sucesso mundial com balões dirigíveis:

GAROTOS DE DAYTON IMITAM O GRANDE SANTOS DUMONT

Orville e Wilbur Wright construíram um avião que fez três testes com sucesso. O jornal logo acrescenta uma novidade frente ao balonismo: O Wright Flyer é uma máquina de voar de verdade. Não tem bolsas de ar ou balão de nenhum tipo, mas é suportada por um par de aerocurves ou velas. E a energia vem de um motor a gasolina.


Irmãos Wright
Na mesma época, Santos Dumont mal imagina que pode sair do chão com um aparelho desprovido de bolsas de ar quente. Os balões lhe rendiam fama mundial desde 1901, quando, a bordo de um modelo alongado, com hélice e um leme, conseguiu dar uma volta na Torre Eiffel. Em 1903, o brasileiro não quer abandonar os balões, pelo contrário. Acha que eles são o futuro do transporte urbano.

Enquanto, nos Estados Unidos, os irmãos Wright voam em aparelhos motorizados com asas levemente curvadas, o brasileiro constrói o dirigível-ônibus. Trata-se de um balão com dez cadeiras enfileiradas. O aparelho nunca decolou com mais de uma pessoa e não deixou legado nem para o balonismo nem para a aviação moderna. A façanha de Santos Dumont abriu caminho para a criação de enormes balões transatlânticos, como o Zepelim.
Há, sim, provas e testemunhas dos vôos dos irmãos Wright. É verdade que não houve registro oficial do vôo dos americanos, sobretudo porque não existia, nos Estados Unidos, prêmios e concursos para pioneiros iguais aos que havia na França. Também porque os dois irmãos estavam muito mais preocupados em ganhar dinheiro com a fabricação de seu projeto que conquistar prêmios e notícias adulatórias nos jornais. Quando alguém perguntava por que eles não faziam vôos públicos, os dois diziam: ”Não somos artistas de circo”.
Além da discrição, os Wright pensavam que, se alguém patenteasse o avião antes deles, todo o esforço em construir as estruturas e testá-las iria pelos ares. Temiam que o projeto fosse copiado por outros inventores, sobretudo o físico Samuel Langley. Ao contrário dos dois bicicleteiros, Langley era um inventor influente. Estudos que ele fez fundamentaram a primeira medição do efeito estufa, realizadas pelo químico sueco Svante Arrhenius. Em 1898, o físico americano construiu um pequeno planador não tripulado, que voou 1.200 metros. Secretário do Instituto Smithsonian, o grande centro de museus e pesquisas dos Estados Unidos, tinha recebido 70 mil dólares do governo americano para construir um avião tripulado. Se esse inventor renomado copiasse o projeto dos Wright, os dois irmãos morreriam tentando provar o plágio. Preferiam, portanto, ter certeza de que haviam inventado o avião antes de divulgar a descoberta.


Flyer 3
A certeza chegou em 1904, quando os Wright somaram 45 minutos de vôo. Estavam tão seguros do pioneirismo que resolveram chamar a imprensa. vôos desse ano e do seguinte foram testemunhados por viajantes, empresários e repórteres. Em outubro de 1905, os dois mandaram trinta convites para que testemunhas de credibilidade os assistissem. E elas se deslumbraram. No dia 5 de outubro, Wilbur Wright voou com o Flyer 3 durante 39 minutos, percorrendo 38,9 quilômetros. Bateu o recorde de distância e fez os primeiros vôos circulares, dando trinta voltas no campo de testes. Cerca de sessenta pessoas assistiram àquela e a outras demonstrações.
A lista de testemunhas incluía o dono do terreno onde os vôos aconteceram, o presidente de um banco da cidade de Dayton, além de um auditor público, o tesoureiro de uma casa de empréstimos, dois farmacêuticos, um administrador dos Correios e um bombeiro. Outra testemunha, Amos Root, um criador de abelhas metido a jornalista, escreveu uma carta para a revista Scientific American oferecendo um artigo sobre a descoberta dos irmãos. Os editores recusaram — provavelmente porque naquela época anúncios assim eram comuns e quase sempre infundados.
A revista desconfiava dos dois bicicleteiros. Em fevereiro de 1906, um de seus artigos perguntava se os dois eram ”aeronautas ou mentirosos”, visto que tentavam vender seu projeto antes de fazer demonstrações aos compradores. Um ano depois, porém, a Scientific American admitiu o erro. Depois de entrevistar 17 testemunhas dos vôos, a revista voltou atrás e concordou com a versão dos Wright.

Um ano antes de Santos Dumont exibir-se com o 14-Bis, voar já era uma rotina para os irmãos Wright. Depois dos vôos espetaculares de 1905, eles resolveram encerrar a fase de testes. Dedicaram-se a vender a idéia e ganhar dinheiro com ela. No dia 19 de outubro de 1905, escreveram para o Departamento de Guerra dos Estados Unidos já com um toque de arrogância:
Não pensamos em pedir ajuda financeira do governo. Nós propomos vender os resultados dos experimentos feitos com nosso próprio dinheiro. Também pediram detalhes do negócio: Não podemos fixar um preço nem um prazo de entrega, até ter uma idéia das qualificações necessárias para a máquina. Também precisamos saber se vocês desejam reservar o monopólio do uso dessa invenção, ou se permitirão que aceitemos pedidos de máquinas similares para outros governos, e para dar demonstrações públicas etc.
Se não houve demonstrações na França como aconteceu com o 14-Bis, existem ao menos documentos provando que os Wright construíam aviões muito antes de Santos Dumont. Em maio de 1906, os dois obtiveram o registro de patente número 821.393, referente a controles de uma máquina de voar. A patente contém esboços do Flyer 1, detalhando dimensões e o funcionamento dos mecanismos de aerodinâmica e controle, possibilitando máquinas voarem para os lados, para cima e para baixo.
Na descrição do projeto, os irmãos definem sua criação: ”Nossa invenção é relacionada à classe de máquinas de voar em que o peso é sustentado por reações resultantes em aeroplanos sob um pequeno ângulo de incidência, através da aplicação de força mecânica ou pela utilização da força da gravidade”. Lembra um avião, não? A patente (registrada, comprovada e existente até hoje) foi requerida três anos antes, ou seja, em 1903. Demorou para ser aprovada, mas nem tanto. Saiu em maio de 1906, seis meses antes de Santos Dumont ganhar prêmios com o 14-Bis. Se o herói brasileiro não foi tão importante para aviação, pelo menos se atribui a ele, como um prêmio de consolação, a invenção do relógio de pulso. A idéia teria surgido num dos tantos jantares no badalado restaurante Maxim’s com o joalheiro Louis Cartier.

SANTOS DUMONT NÃO INVENTOU O RELÓGIO DE PULSO.

Queixando-se da dificuldade de consultar a hora durante os vôos nos balões, Santos Dumont teria inspirado o amigo a criar o modelo portátil. 
O brasileiro certamente contribui para o relógio de pulso voltar à moda, mas a invenção do aparelho é de muito antes. Relógios assim eram comuns desde os tempos de Shakespeare - a rainha Elizabeth I (1533-1603) tinha um. Em 1868, a empresa Patek Philippe reinventou a peça, que também foi usada por militares nos campos de batalha do século XIX, como na Guerra Franco-Prussiana.

Fonte: Stravaganza - Livro “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil.”

141 comentários:

  1. saudação amigo
    eu confesso que fiquei um pouco estranho com essa fato,mais as suas informaçoes me convenceram que os Irmãos Americanos , são mesmo os inventores dos aviões .
    Abraço
    Sucesso Sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o mais importante que os 2 GIGANTES industrias sao Americano e Frances, Boeing e Airbus (e nao e' brasileiro)

      Excluir
    2. Mas a Embraer vem em terceira como gigante industrial de aviões e está previsto que daqui à mais ou menos vinte anos vai ser a maior.

      Excluir
    3. Diferente do 14 Bis, o avião dos irmãos Wright tinha dois motores de 12HP (cavalo de força), sem trem de pouso, pois usava um tipo de esqui, além de um sistema de catapulta para poder ser alçado aos ares. “Santos Dumont fez seu voo diante de uma comissão científica do Aeroclube da França, primeiro órgão aviatório do mundo, jornalistas e um público de curiosos, perfazendo quase mil assistentes. O 14 Bis tinha trem de pouso, um motor de 50HP e decolava e pousava por meios próprios, requisito necessário de acordo com a definição de um avião, segundo o Aeroclube da França. Em suma, os irmãos americanos tinham um planador com motor, e não um avião”, defende Gustavo.

      Excluir
    4. O Moisés colocou o ponto certo. Os irmãos Wright podem receber o crédito por ter feito a primeira máquina de voar, mas o avião como como conhecemos - decolagem autonoma e com trem de pouso - foi mesmo projetado e executado por Santos Dummont.

      Mesmo projetos posteriores de outros engenheiros pioneiros da aeronautica - inclusive americanos - se basearam nos modelos de Dumont, e não nos do irmãos Wright, inclusive por causa das patente.

      Dumont não cobrava patente do projeto do avião, os irmãos Wright sim, e entre um projeto com patente livre e uma paga, óbvio que os engenheiros escolheriam o primeiro.

      Excluir
    5. Isso mesmo, e o flyer 1 voava com a ajuda de uma catapulta, sendo que na época era válido só os que voavam de forma autônoma.

      Excluir
    6. Esse artigo é ridiculo e tem a qualidade de um trabalho de escola ginasial. Quando se desmente algo tem que haver base.
      No inicio do sec XX o grande problema a ser resolvido em aviação era a decolagem. Não existiam motores com potencia suficiente e nem helices com angulação correta e esse é o grande feito de Dumont que utilizou um motor Anttoinete de 50 hp no 14 bis e sem duvida isso constituiu o marco da aviação. O flyer era apenas um planador motorizado que ninguem se interessou em levar adiante e os Wright eram tão obtusos que anos depois do feito da Dumont quando já eram produzidos aviões em vários paises, eles ainda insistiam nesse absurdo veiculo catapultado oferecendo a patente para alguns governos europeus e ainda hoje vemos idiotas que acreditam nos Wrigts.

      Excluir
    7. o problema, moço, é que a fisica prova que 340 kg não sai do chão com 12 hps de motor, 419kg não sai do chão com 15 hps de motor,e 321 kgs não saem do chão com 20 hps, estes são dados oficiais a wikipédia americana jura que eles voaram com isto aí. Aí voce constroe uma réplica com estes dados e não sai do chão. E agora. Puxa se voando horrores como eles declararam será que a patente do primeiro avião não estava ali na mão la nos estados unidos, a patente que eles conseguiram é um sistema de controle para planador sem motor, ela esta na internet, cade a patente do primeiro avião. Eles sabiam que as riquezas do planeta inteiro estariam aos pés deles, no outro dia, com um voo de apenas 50 metros motorizado, cade o registro de tudo isto e reis e rainhas aos pés deles, ou reporteres do mundo inteiro aos pés deles, Será que entre 1903 e 1906 quando SANTOS DUMONT, apresentou realmente algo que voava por meios próprios, será que faltou tempo para mostrarem o flyer voando e pegarem esta maldita patente. Ouserá que não voavam e apenas faziam voos planados completamente dependente de vento. Sabe-se que em 1907 foram até Paris buscar a planta do 14 bis e depois de um ano apareceram realmente voando e ainda dependendo de catapulta. Exigencia da época: não utilize meio externo, nãoo use catapulta, não use o vento, não jogue morro abaixo.

      Excluir
    8. os americanos assim como outros pelo mundo crianram sim o avião antes de santos dumont, porem esses inventores não conseguiram voar, ou seja eles voaram com o auxílio de cordas e outras engenhocas, somente SANTOS Dumont conseguiu voar sozinho sem o auxílio de algum equipamento pelas leis da aviação uma aeronave que voar com auxilios não é considerada um avião somente aquelas que voam pelo ar sem equipamentos segurando e que e considerado um avião por isso o nosso querido SANTOS DUMONT recebeu o título mundial do inventor do avião, título esse que os americanos não aceitam ate hoje, em todas as escolas dos EUA as crianças aprendem que foram os irmãos Wright que foram os inventores, isso incomoda e atrapalha muito os estudantes brasileiros que estudam lá inclusivel teve um pai de um estudante que entrou na justiça pq seu filho foi reprovado e repetiu de ano quando a escola aonde ele estuda pediu aos estudantes que fizessem um trabalho sobre a viação e seu inventor todos os estudantes americanos é claro fizeram sobre os irmãos Wright, porem o brasileiro fez sobre o Santos Dumont e foi reprovado, num entanto a justiça americana deu causa ganha a escola pq os americanos morrem mais admitem que foi o brasileiro o inventor do meio que hoje é considerado o mais importante do mundo...

      Excluir
    9. eu não vejo nenhum avião sendo impulsado por catapulta portanto isto não poderia ser um avião. o mais certo é que a invenção do brasileiro seja mais parecida com os aviões de hoje

      Excluir
  2. Meu amigo, por favor... desmentir um fato em que diversos especialistas atestam ao longo de décadas baseado num livro chinfrim de um autor sem a menor repotação nos meios historiográficos não me parece algo muito sensato. Para o reconhecimento de um feito, é preciso que ele atenda a uma série de metodologias científicas, como a presença de especialistas, provas, etc. Os irmãos americanos não atendem a essa exigência, ao contrário de Santos Dumont.

    Não leve aquele livro a sério, ele foi feito como um almanaque de curiosidades duvidosas, não como um livro cientifico.

    Grande abraço.

    Almir Ferreira
    Rama na Vimana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. chinfrim é a sua cabeça de bagre que não vé a verdade só vé o patriotismo .

      Excluir
    2. É... mas os americanos possuem patriotismo de sobra para manipular a história em favor próprio. São inescrupulosos e trapaceiros quando o assunto é competir e vencer.
      Já os brasileiros, possuem um complexo de inferioridade que não permite que reconheçam nenhum mérito próprio. Eu nunca vi um brasileiro afirmar, de cabeça erguida, que era o melhor em alguma coisa. Nem no futebol acontece isso, o povo aqui gosta de lamber os europeus. E se maradona não fosse argentino, os bobocas aqui estariam dizendo que era melhor que Pelé.

      Excluir
    3. Provas conclusivas mostram que Santos Dumont foi o criador verdadeiro, ele possui videos, testemunhas, esses irmãos ingleses que só apresentou um documento 20 anos depois.Não é questão de patriotismo, e questão de fatos, provas. Se você paga pau pra uns americanos problema é seu.

      Excluir
    4. O vôo de Dumont foi até filmado, diante de uma enorme platéia, e teve registros oficiais, querer menosprezar o feito dele é a maior sacanagem que esses americanos imperialistas tentam fazer.

      Excluir
    5. Você é quem não ve e enaltece o patriotismo americano, que tentam "patentear" a invenção, da mesma forma que nao deixam bem claro nos livros de historia que quem ganhou a segunda grande guerra foi a URSS, pois os mesmos foram os russos quem tomaram Berlin. Inventam essas mil teses mas as provas que existem apontam Santos Dumont como o pioneiro.

      Excluir
    6. Concordo com Almir, na realidade Santos Dummont não tinha interesses comerciais comos os americanos sempre tiveram então não se preocupou em registrar seu invento não catapultado como fizeram anos depois os irmão Wright. Lamentável esse post. Boa a intenção mas muito fraco na veracidade de seu conteúdo. Pesquise nos livros de história e não em livros avulsos.

      Excluir
    7. Anonimo vc é so uma criança facilmente manipulavel...
      Abra seus olhos meu filho...
      O aviao é nosso!!!!

      Excluir
    8. Desde qdo brasileiro é patriota ?

      Excluir
    9. repotação é duro de engolir...

      Excluir
    10. Quem escreveu este post realmente deveria vender bandeirinhas americanas nos sinais de transito Brasileiros para tentar recolonizar este pais. RIDÍCULO este artigo. Mais tendencioso que as séries do Discovery Chanel sobre o assunto. Lamentável!!!!

      Excluir
  3. Caro Almir. Não temos interesse em desmentir fatos históricos. Este post pretende informar a galera e abrir um espaço para bate-papo. O assunto é polêmico como outros já postados neste blog.
    Procure fatos que defendam sua opinião, com certeza vamos enriquecer e melhorar a cultura do nosso Pais.

    Um grande abraço e obrigado por nos acompanhar na web.
    Blog Os Güelos

    ResponderExcluir
  4. Belo texto mas não me convenceu, resumidamente pra qualquer leigo entender, Santos Dumont teve registro e testemunhas oculares, enquanto os irmãos Wright resolveram ocultar sua suposta invenção, se eles inventaram ou não, paciência, azar foi o deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Azar deles? Eles produziram, venderam e ganharam dinheiro. Isso é azar?
      Agora me diga quantos SD produziu e vendeu? Nenhum!
      Azar de quem mesmo?

      Excluir
    2. Moisés Vilas Boas18 de outubro de 2013 21:13

      O azar é o seu porque é ignorante Last of the Mohicans...Sua ignorância é de doer. Santos Dumont não precisava vender nada, era podre de rico. Clement Bayard propôs comprar o projeto do Demoiselle (Dumont faturaria muito), mas ele disse para Bayard "Meus projetos não são vendidos, pertencem a humanidade" e deu o projeto de graça.

      Excluir
  5. Li o livro e é muito interessante, além da "farsa" Santos Dumont que eu já conhecia a algum tempo, tem outros vários. Recomendo ler. Fala de "Che rebelde terrorista Guevara", Zumbi lembrado no dia da consciência negra que escravizava, sequestrava e executava escravos negros.

    A verdade dói.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como dói, mas mesmo assim não devemos escondê-la.
      Outra coisa é sobre o "maravilhoso" comunismo, que muitos falam bem.
      É só verificar quantas pessoas da Rússia querem retornar a esse sistema de governo e a antiga União Soviética. São raros...

      Excluir
    2. Kkkkkk que emocionante continuem

      Excluir
  6. Os irmãos não tomaram as cautelas de praxe, não registraram nada, não possuem testemunhas. Esse argumento é ridículo, talvez o mais ridículo que já vi na internet, típico argumento pró-americano, sem sentido algum. Enquanto Santos Dumont usou o método correto, os americanos sequer voaram. Nunca saberemos a verdade. O seu post é baseado em achismos, sem fonte, sem base qualquer, seja histórica, seja científica, é apenas uma opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, se a patente existe mesmo, entao foi sim registrado...

      Excluir
    2. Não registraram pq não inventaram, o resto é conversa pra boi dormir.

      Excluir
  7. Já li várias matérias sobre esse tema, e também assisti diversos documentários sobre o assunto. E todos eles confirmam e atribuem a invenção do avião aos irmãos Wright.
    Não sei porque nós brasileiros insistimos em atribuir essa invenção a Santos Dumont.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matérias produzidas em que país??? EUA ou Inglaterra???
      Acorda, os americanos e ingleses puxam tudo para o lado deles. Jamais eles iriam reconhecer o mérito de um brasileiro numa invenção tão importante. Para se convencer disso, precisam reescrever a história. Eles não têm qualquer escrúpulo, e nós temos um tremendo complexo de inferioridade. Só podia dar nisso...

      Excluir
    2. outra coisa, se voce tem contatos com leandro narloch e outros, pergunte a eles de que maneira os irmãos wright tiraram 340, 419, 321 kgs do chão com motores entre 12 e 20 hps, que era o que eles tinham, se a física comprova que estes motores,nestas potências, jamais tiraria estes pesos sequer do chão, eles precisavam de motores entre 70 e 140 hps, mas não podiam colocar estes motores, pois os mesmos pesavam demais e ai que não sairia do chão mesmo, orgãos como o exército jamais abonou estes vÔOS, a estação ferroviaria federal ao lado de huffman prairye jamais abonou estas experiencias também!!! a tal patente você pode pedir no google, refere-se a um sistema de controles para planadores, cade o primeiro mais pesado que o ar, ou aeroplano registrado??? o motor que eles tanto precisavam eles só compraram em 1907 em uma visita a França onde pegaram sim, com um amigo deles a planta do 14 bis, viram farman e bleriat voarem com a técnologia de dumont e voltaram aos estados unidos com o tal motor. Existe a denuncia de que todas as fotos e filmagens do flyer voando são de 1908, quando realmente começaram a voar. E as réplicas que nenhuma sai do chão, a não ser que seja modernizada com tecnologia do século 21,como alguns fizeram.Alpheus Drinkwater testemujnha ocular dos vôos de 1903 declarou: em 1953 que eles nao tinham motor e nem hélices em 17 de dezembro de 1903, e que só viu eles realmente voarem com algo que tinha motor só em 06.05.1908, A entrevista existe e foi para o new york times.

      Excluir
    3. Ta aí...Essa resposta do amigo aí é muita mais esclarecedora do que esse post. Em princicio, quem le, realmente acha que os Wright foram primeiros, mas, ao se lembrar que estamos falando de americanos temosn que dúvidar de tudo...Impressionate, eles conseguiram convencer todo o mundo, inclusive os próprios brasileiros...

      Excluir
    4. Os estados unidos é mais ou menos assim: faça o que eu digo mais não faça o que eu faço. O voo do 14 bis foi visto por muitas autoridades da época, e juízes não tem nada de complicado e complexo nisso. O 14 bis foi o primeiro a voar.

      Excluir
  8. nao tem polemica aqui. os chineses inventaram TUDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO BOA! hahahahaah

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Por que entao no centenario do voo dos irmaos a replica nao voo nem 15m apos o trilho e 14bis e o demoiselle funcionam como testemunhado e registrado na historia

    ResponderExcluir
  10. eu semprte desconfiei desse fato porque na escola nunca se comenta sobre os irmão Wright. so se fala que dumont e o pai da aviação ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olhe o comentário´resposta que deram para márcio severino logo ali em cima, veja a quantidade de controversias que envolvem os irmãos wright, sabia que foram em 1907 atras da planta do 14 bis ?

      Excluir
  11. Uma imagem vale mais que mil palavras...............

    ResponderExcluir
  12. Impressiona como nós, brasileiros, somos eternos colonos. Não é possível provar a autoria intelectual do avião. O conceito é muito mais antigo que Santos Dumont ou os Wright, tendo sua construção sido tentada por muitos vanguardistas de época. Assim, sua invenção foi um processo e como tal deveria ser assim creditada, porém, se considerarmos inventor aquele que primeiro vingou o conceito, não há dúvidas quanto ao mérito de Santos Dumont, pois o conceito de avião não abraça o uso de catapultas assim como um autogiro também não é um helicóptero. No mais, todo americano sabe (ou pensa) que Thomas Edson é o inventor do cinema, enquanto o resto do mundo admite que foram os irmãos Lumiere. Será que entre os franceses temos pessoas tão crédulas no que dizem os escritores oportunistas ou a propaganda americana? Acho que não, pois eles não tem o ranço de serem colônia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aviões de porta-aviões, são lançados por catapultas.

      Excluir
    2. Alem é claro, do fato de que nunca conseguiram reproduzir com a
      "mesma perfeição" o Voo dos irmãos americanos.
      Já o 14 bis...

      A grande verdade das invenções é que ela envolve um monte de aproveitadores e plagiadores, algumas vezes os próprios plagiadores conseguem melhorar a obra original ou ver o que faltava para a ideia dar certo.

      Recomendo essa matéria.
      http://ahduvido.com.br/5-genios-famosos-e-as-ideias-que-eles-roubaram

      Excluir
    3. LMohicans, aviões de porta-aviões, são aviões de fato. São conceitos completos, melhorias do 14-bis como todos os outros. A catapulta se justifica pelo curto espaço de decolagem, tanto quanto os freios por cabo que utilizam para conter o bólido durante o pouso.

      Anônimo, a matéria recomendada ilustra perfeitamente minha opnião foi dito! Ainda podemos citar sobre a invenção do rádio, do cálculo diferencial e integral dentre outras.

      Excluir
  13. Oh, Almir...Se fosse SÓ UM livro! A verdade é que, fora o Brasil, nenhum outro país reconhece Santos Dumont como inventor do avião (nem na França, onde ele teria provado seu suposto pioneirismo). Em outras palavras: alguém não está sendo honesto nessa história, ou o Brasil o resto do Mundo.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentira, na base da Torre Eifel existe uma placa marcando o centenário da invenção do avião por Santos Dumont, na primeira missão espacial de um astronauta Brasileiro, foi nomeada "Missão Centenário" pelos russos e o brasileiro foi o primeiro a entrar na nave. Se isso não é reconhecimento fora do Brasil, não sei em que planeta voce mora.

      Excluir
    2. Meu caro, ninguém reconhece por que são todos, como posso dizer "puxa-sacos" de americanos.

      Excluir
  14. 2012 e eu ainda não me convenci que o "estilingue" dos irmãos Wright é uma "pistola". Só os dois argumentos a favor de Santos Dumont já anula uns 100 a favor dos irmãos Wright. Se o que eles fizeram é avião, prefiro o 14 BIS.

    ResponderExcluir
  15. mas é logico ,que outros paises nao aceitariam que um inventor de um pais provinciano como o Brasil seria inventor de uma das maiores invençoes da humanidade. o fato é que eles querem descredenciar o brasileiro, assim como fazem com qualquer coisa que nasça no Brasil. claro de santos dumont, foi o inventor da bagaça ,mas claro quem tem que levar a fama os EUA ja que dominam o mundo. acorde gente e parem de lamber os gringos que acham que o nosso pais nao pode ser dono nem da floresta amazonica

    ResponderExcluir
  16. Dei um pulinho na Wikipédia e veja só o que descobri: "No começo do século XX, o primeiro voo numa máquina mais pesada do que o ar, capaz de gerar a potência e sustentação necessária por si mesmo, foi realizado. Porém, isto é um fato polémico, já que Santos Dumont é creditado no Brasil como o responsável pelo primeiro vôo num avião, enquanto que na maior parte do mundo, o crédito à invenção do avião é dado aos irmãos Wilbur e Orville Wright de origem norte-americana, sendo a excepção a França em que o mesmo é creditado ao seu verdadeiro inventor Clément Ader que efectuou o primeiro voo de um mais pesado que o ar propulsionado a motor em 9 de Outubro de 1890, que no entanto é ignorado completamente pelo resto do mundo porque os seus voos foram realizados em segredo militar e só se soube da sua existência muitos anos depois. É de notar no entanto o facto curioso de que, apesar de no resto do mundo Clément Ader não ser reconhecido como o pai da aviação, o termo por ele criado para os seus aparelhos, "Avion" (avião em português), é utilizado em todas as línguas latinas para descrever os aparelhos mais pesados que o ar"
    hahaha nem americano nem brasileiro foi um francês kkkkkk!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Rápido e claro:SE não foi Santos Dumond,foi DaVinci!Essa história de que os irmãos Wright fizeram o primeiro voo é balela,até porque,quantas testermunhas viram o voo,se é que foi na data da filmagem,pois eles não tiveram como provar. Desde DaVinci,até Dumond,muitos fizeram tentativas de voo,basta pesquisar um pouco mais. Já não chega terem tirado a invensão do relógio de pulso das mãos de Dumond,agora querem tirar o avião! Se gosta tanto de americanos,meu amigo,porque não vai morar com eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o DaVinci nunca chegou nem perto de uma maquina voadora a unica coisa que ele fez foi desenhar a aparencia... E nem o seu modelo de helicoptero foi exclusivamente dele pois ele o copiou de um brinquedo chines que acabou chegando em suas maos. E comprovaram que esse modelo era incapaz de levantar voo.

      Excluir
  18. ganhasse quanto dos EUA pra defendê-los?...ah, fez isso de graça? nem ao menos cobrasse?

    ResponderExcluir
  19. boa merda. naquela epoca ja existiam discos voadores. Quem inventou o avião foram os ETs.. aposto em Alf, o ETeimoso!

    ResponderExcluir
  20. Na historia da minha familia consta que em 1900 um ancestral meu construia moinhos pra moer trigo.
    Nos documentos constam ainda que um dos filhos do meu ancestral teve a ideia de adicionar uma helice no moinho em cima (como um helicoptero) pra tentar melhorar a velocidade de moagem.
    E pra surpresa de todos num dia de muito vento o moinho levanto do chão por uns 4 metros e depois caiu se quebrou todo.

    Logo, meus ancestrais inventaram o helicoptero.
    Como prova tenho textos antigos guardados.

    ResponderExcluir
  21. É preciso sempre diferenciar duas coisas com respeito ao avião:
    1º- O Mérito de quem realmente consegue realizar o fato de voar com os próprios recursos sem depender de outro qualquer.
    2º- A constatação de que vários pesquisadores almejam um só propósito independentemente do conhecimento da existência de outros interessados. Santos Dumont desconhecia a existência dos irmãos Wright e vice-versa.
    Dito isso fica mais fácil compreender o momento histórico que teve como consequência a invenção do avião. Os irmãos Wright, como Santos Dumont buscavam um só objetivo. De diferentes maneiras ambos chegaram a um só denominador. Vejam, Santos Dumont começou com balões e dirigíveis, até concluir que uma máquina voadora seria o melhor caminho. Os Wrights sabe-se hoje tinham como base o voo dos pássaros planando e tentaram por aí. Santos Dumont pela sua formação acadêmica e conhecimentos de mêcanica de motores logo os incluiu em suas invenções. Os irmãos Wright tiveram que comprar um e confiar que funcionasse, sem contudo relacionar potência com o peso de deslocamente da aeronave e a coisa ia meio que por instinto, tipo tentativa de erros e acertos sem critérios acadêmicos.
    Santos Dumont fez inúmeros ensaios e protótipos preocupando-se com peso da aeronave e o motor mais leve possível para impulsioná-la. Depois como os irmãos Wright criou um conceito de planeio baseado nos pássaros, mas ao contrário dos irmãos Wright que tinham asa fixa comandada por um profundor (o leme horizontal e vertical da cauda) o 14-Bis tinha asas móveis bem mais complexas (conceito retomado recentemente nos aviões militares de alto desempenho), era necessário pois não foi possível criar um motor potente, leve e confiável com os conhecimentos da epóca. A idéia era levantar voo pela primeira vez com uma aeronave com propulsão própria. Destaco ainda que a evolução do motor a gasolina era buscada quase que diáriamente em todas as partes do mundo, e era uma tecnologia muito nova que não raramente fazia acidentes horríveis (explosões e incêndios quando se buscava obter mais potência. E evoluiu tão rápido que pouco tempo depois Santos Dumont percorria toda Paris com seu Demoiselle (este sim muito admirado pelos americanos e inspirador dos ultra-leves tão comuns de hoje!).
    Então é isso! Creditar a invenção do avião a um ou a outro é na minha opinião realmente muito dificil dessa maneira. Mas, Santos Dumont pelo menos procurou um referencial cientifico registranto todos os seus passos em parceria com a sociedade cientifica local, porém se chega a notícia que outrem já conseguiu o feito, a comparação deve ser feita de modo correto:
    - Os Wrights voaram com motor?
    - Os Wrights tem testemunhos merecedores de credibilidade cientifica em todas as fases de suas invenções?
    Pois Santos Dumont tinha. E como sabemos era desinteressado em ganhar dinheiro com isso( o próprio autor do artigo aqui do site reconhece).
    Os irmãos Wright faziam para ganhar dinheiro principalmente para oferecer como um tipo de arma ou vantagem estratégica para as forças armadas americanas ( Já na epóca exercendo seu Imperialismo pelo Mundo - Cuba, Filipinas,México, China, África, etc.). E sendo assim pessoalmente acho que não é incomum pessoas cometerem atos inescrupulosos para conseguirem ganhar muito dinheiro (vide a carta deles ao governo) inclusive mentir, roubar e matar!

    É esta a minha modesta opinião. Parabéns ao site pela abordagem do assunto e pela possibilidade do debate sadio. Sou fã e o adicionarei ao meu Reader.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente um comentário sensato.

      Excluir
    2. Muito boas considerações, parabenizo pela sobriedade

      Excluir
  22. Qualquer ameba sabe que não foi Drummond que inventou o avião,mas mesmo assim ele merece crédito por ser o único (e o primeiro) com coragem de levantar voô com um avião de "papelão".

    ResponderExcluir
  23. Já confirmaram, inclusive os norteamericanos, que o Santos Dumont é realmente o inventor do avião. Em uma experiência desenvolvido por engenheiros dos USA, recriaram os aviões de Santos Dumont e dos irmãos Wright. Apenas o 14 Bis voou. O outro sequer saiu 10cm do chão. Acho melhor consultar fatos mais atuais para postar uma enorme besteria dessa.

    ResponderExcluir
  24. ah tá é porque devemos confiar fielmente em tudo que vem dos EUA, fala serio sera que ninguém percebe que eles querem ser dono do mundo e de toda a historia, não tem nada av com patriotismo mas sejamos francos o suposto "avião" dos irmão Wright era simplesmente um planador aperfeiçoado até pq o "existe provas de tais planadores" de terem sido inventado muitos anos atras do feito, Já o do Dumont não tem contestamento algum sobre sua veracidade e pioneirismo no que vemos hoje no ar, eu me pergunto se o dos americanos são os pioneiros então o conceito de avião é o que vemos hoje com asa delta?

    Desculpem se foi muito longo mas fico muito revoltado com esse puxa saquismo dos EUA, eles não o centro da terra e nem as únicas mentes brilhantes do mundo p**** eles só roubam idéias fazem lavagem cerebral nas pessoas a prova é o pedido recentemente do FBI para poder controlar toda a internet sem o consentimento de ninguem , porque será que eles querem fazer isso, alienados abram os olhos para a realidade ATENÇÃO eles podem estar te monitorando agora! kkkkkkk...

    ResponderExcluir
  25. Fala serio, seu imbecil...

    Va estudar e vá ver os registros históricos...


    Maldita inclusão digital!

    ResponderExcluir
  26. Muito bem escrito, mas falso. Somente os americanos reconhecem os Wright como inventores do avião, o que não acontece no restante do mundo, inclusive que no primeiro vôo do astronauta brasileiro Marcos Pontes, os Russo batizaram o mesmo de missão centenário em homenagem aos cem anos do invento do avião por Santos Dumont e o brasileiro foi o primeiro a entrar na nave, na base da Torre Eifel existe uma placa em homenagem ao centenário da invenção do avião por Santos Dumont. Outro fato irrefutável é Alberto Santos Dumont a ser o primeiro piloto a ter brevê na história da aviação. Sem contar que no governo Clinton, o mesmo deu uma declaração oficial reconhecendo Santos Dumont como inventor do avião.

    Voce não faz a menor idéia do que fala!!!

    ResponderExcluir
  27. O avião dos irmãos não voava,dava rasante!
    O avião do Santos Dumond voava!
    Essa é a diferença!

    ResponderExcluir
  28. santos dumont foi quem fez essa incrivel descoberta. para de inventar merda!!!

    ResponderExcluir
  29. Assunto tão polêmico quanto "Luiza está no Canadá", não há o que discutir. Ciência é metodologia, e nesse caso, essa metodologia deve seguir o registro da invenção bem como os testemunhos. Corrigindo o colega de cima, os franceses também acreditam que foi o brasileiro que inventou o avião. Não dispresam os esperimentos dos irmãos Wright de 17 dezembro 1903, como já foi falado as invenções são contruções ao longo da história, porém, o primeiro voo registrado foi mesmo o do 14 Bis, em 23 de outubro em 1906.

    ResponderExcluir
  30. Pelo o que se deu pra entender a máquina dos irmão wrigthe voaria mesmo se não tivesse um motor, já que usavam de recursos para impulsioná-la, então meus amigos me desculpem , mas eu ainda dou mais credibilidade ao invento de Dumont.
    Precisamos entender que foram fatos isolados, independente de quem tenha voado primeiro, um não tinha contato com o projeto do outro, cada um criou o seu e mesmo que Dumont não tenha voado primeiro, seu projeto obteve mais êxito.
    Ambos inventaram a mesma máquina. Dumont se saiu melhor , mesmo que tenha sido depois.

    ResponderExcluir
  31. O papel aceita tudo, o povo americano é pródigo em propaganda e marketing, uma imagem vale mais do que mil palavras, como diz Stevie wonder, em que você acreditaria mais? Num artigo escrito dizendo que dois sujeitos foram catapultados numa geringonça ou num filme mostrando o vôo de uma outra geringonça num tempo em que não existiam efeitos de filmagem?

    ResponderExcluir
  32. Comentar o que de um livro cujo maior mérito do autor é ser editor da Super Interessante, revista pseudo-científica que é mais conhecida por publicar matérias exdrúxulas, abordadas com um fundo científico mais falso do que nota de três.

    ResponderExcluir
  33. A matéria é bem escrita mas como diz la no segundo comentario, esse livro é sim chinfrim e Santos Dumont foi sim o primeiro homem a voar num aparelho mais pesado que o ar e de tração autonoma. Logo toda essa matéria é bla bla bla e SD não é nenhuma farsa.

    ResponderExcluir
  34. Seu imbecil pergunta para o mundo todo quem inventou o avião e todos menos os americanos é claro vai disser que é nosso Santos dumont o mundo todo reconher isso mais é claro anti brasileiro como voce agredita
    em qualquer merda que os americanos colocam ai pra quem acha isso certo
    é so aprender fazer uma pesquisa na internet antes de disser qualquer coisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem inventou a merda na sua cabeça OTARIO ..bando de ANALfabeto voce falam do imperialismo americano e nem sabe que o brasil e o novo imperio ..

      Excluir
  35. Bom o avião foi Santos Dumont, os americanos está provado inventaram o planador,parabéns para eles os Pais do Planador e Vivas ao Santos Dumont a pai do avião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. coitado precisou o tal de santos dumont ir para a FRANÇA para poder fazer o avião então o invento é FRANCES não BRASILEIRO ...

      Excluir
  36. Daaaaaaaaale BRASIIIIIL ( FOI O SANTOS QUE INVENTO !!!!!!! ACABEM COM ESSE ASSUNTO... E DAALEEE BRASIL !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o avião é frances e pronto karaio...

      Excluir
  37. Não leva o texto a sério, o cara nem se deu ao trabalho de provar o que disse, somente em duvidar de uma verdade estalecida. Ele usa como referências uns malucos a quem ninguém dá valor. Pesquisa um pouco mais, esse Guia Politicamente Incorreto... foi um apanhado de asneiras escritas só pra vender livro, assim como o Michel Teló, faz sucesso, mas passa longe de ter qualidade.

    ResponderExcluir
  38. hahaha!Brincadeira hein!
    e pq o flyer nao consegue voar hj?
    eles tem o projeto dos irmaos em maos,ja tentaram colocar para voar para tirar o merito do santos dummont!
    nao voa!o flyer nao era capaz de voar.nao tinha um motor,aerodinamica e medidas apropriado para tal feito!

    ResponderExcluir
  39. Caros

    Nem um nem outro. Os Astecas possuiam registros de "máquinas voadoras" idênticas aos aviões de hoje, e muito antes das Américas serem "descobertas"...

    ResponderExcluir
  40. Foi no dia 22 de maio de 1908, Wilbur e Orville Wright tentaram patentear o avião como invenção própria. Esta é a data do pedido que fizeram ao escritório de patentes do governo americano.
    Contaram que seu primeiro vôo de aeroplano tinha sido realizado em dezembro de 1903. Essa afirmação foi feita em público pela primeira vez por Wilbur Wright no dia 8 de agosto de 1908, quando se apresentou com um avião em Le Mans, na França.
    Em entrevista a “Century Magazine”, disseram ter: “convidado em 1904 representantes de todos os jornais de Dayton (Ohio), para assistirem a um vôo. Vieram 12 repórteres, e o avião não voou; regressaram no dia seguinte, a pedido, e novo fracasso presenciaram. Então, (....) nunca mais os jornalistas prestaram atenção no que fazíamos”. Convocaram para esta demonstração aquele que consideravam a maior autoridade nos EUA: Octave Chanute, que tinha divulgado nos EUA as teorias de Otto Lilienthal, alemão que foi o maior especialista em planadores do fim do século passado. Octave Chanute, deixou o seu testemunho: " não houve nenhum vôo de avião". Após um ano de vôo, fracasso....
    Em 1905, um ano antes do vôo do 14-BIS, eles tentaram vender uma “máquina voadora” ao exército dos EUA. Mas queriam que o exército comprasse a máquina sem vê-la, isto é, só fariam a demonstração de sua efetividade depois que o governo a comprasse. Segue a resposta do goveno dos EUA: "recomendamos que os senhores Wright sejam informados que o escritório (do Ministério da Guerra) não irá formular nenhum requerimento acerca da performance de uma máquina voadora ou tomar qualquer outra ação até que uma máquina seja construída que possa ser mostrada em operação real, sendo capaz de fazer um vôo horizontal e de carregar um operador’ ”. Não desmostram, porquê ? Afinal já faziam dois anos que eles voavam....
    Em julho de 1906 havia dois prêmios de aviação: um oferecido pelo Aeroclube da França de 1.500 francos, para um vôo de cem metros de distância e outro, oferecido pelo Sr. Ernest Archdeacon, o ‘Mecenas da Aviação’ , de 3.000 francos para vinte e cinco metros de distância. Apesar de voarem desde 1903 não tentaram ir a França para ganhar estes premios. Já faziam 3 anos que eles voavam...
    Os Wright estiveram em Paris em 1907, lá ficaram diversos meses, não apresentaram qualquer avião, não tentaram ganhar qualquer premio e não reivindicaram a primazia de nada... Detalhe, nesta epoca estavam em exposição publica o 14-bis e o demoiselle.
    Então, em 1908, requerem patente. Depois de passar meses em Paris, onde aviões de Dumont, Farman, Voisin, Blériot e Delagrange estavam em exposição. Há base para crer que eles não tinham “máquina voadora” digna desse nome alguma em 1903 – e nem em 1904, nem em 1905, nem em 1906, nem em 1907. Só apos ver as soluções de Dumont e dos franceses que eles puderam construir algo parecido com um avião.
    Quanto ao suposto vôo de 1903, o avião não decolou: foi lançado por uma catapulta, em meio a ventos de 45 km/h. Ainda segundo o seu relato, o aparelho ficou 12 segundos no ar e voou 36 metros. Depois, dizem eles que houve mais três vôos: um de 53 m, outro de 60 m, e o quarto, de 260 metros. O aparelho com o qual teriam conseguido isso jamais foi mostrado: esborrachou-se, devido aos ventos, no final do quarto vôo. As testemunhas, três salva-vidas que vagavam pela praia, não são testemunhas indicadas para garantir que houve um vôo impulsionado pelo motor, e não um empurrão da catapulta com o vento sustentando o resto do percurso, antes de se arrebentar no chão.
    Posteriormente, eles relataram uma série de outros vôos, tanto em Kill Devil Hills quanto em Dayton, cidade onde moravam
    Também há outra testemunha: um telegrafista de nome Alphens Drinkwater que, entrevistado pelo “The New York Times” (edição de 02/12/1951), garantiu que durante todo o tempo em que os Wright testaram seus aparelhos em Kill Devil Hills, eles nunca usaram um motor em seus vôos.

    ResponderExcluir
  41. Que texto ridículo!!! Não prova nada. A única coisa que prova é que a pessoa que o publicou, já tem a mente feita pela propaganda americana. É americanizado. Lamentável!

    ResponderExcluir
  42. concordo, pró argumento de baba ovo americano, lançar algo por catapulta é uma coisa, levantar voo com próprios meios é outra, Brasileiro é tudo baba ovo de americano, o que os americanos falam ele baixam a cabeça, Ator vem aqui chama todo mundo de macaco, e enchem o cinema, outro vem e chama todas as mulheres de vadias fáceis, e concordam,

    ResponderExcluir
  43. tem gente que ainda acredita em contos americanos, pfff

    ResponderExcluir
  44. Amigo, seu post e o livro estão desatualizados.

    Na verdade eu e meu filho criamos o avião em 1719 quando trabalhavamos cortando cana para um fazendeiro.

    Só que preferimos ocultar o feito porque somos tímidos...

    Agora que sabe a verdade, já pode atualizar seu blog.

    Não precisa agradecer por saber esta informação em primeira mão.

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  45. a invenção dos irmãos wright saiu de uma localidade mais alta e pousou em um lugar mais baixo, um ótimo planador... até poderia sair e pousar no mesmo plano horizontal, mas isso nunca foi feito antes de dumont fazer o 14-Bis o primeiro AVIÃO.

    ResponderExcluir
  46. Gente uma coisa deve ficar bem clara, a invenção do avião já havia ocorrido em vários locais pelo mundo, cada um com seu modelo ....a questão é, quem colocaria essa geringonça no ar primeiro!!!!

    ResponderExcluir
  47. Poxa, voce utiliza um livro com essas alegações sem qualquer embasamento historico para fazer suas acusações??? E olha que os pontos que voce selecionou são tao fracos que somente quem mora nos EUA poderia utilizar. Vou colocar aqui uma parte da entrevista de um historiador brasileiro sobre esse negocio da invenção do avião.
    Diferente do 14 Bis, o avião dos irmãos Wright tinha dois motores de 12HP (cavalo de força), sem trem de pouso, pois usava um tipo de esqui, além de um sistema de catapulta para poder ser alçado aos ares. “Santos Dumont fez seu voo diante de uma comissão científica do Aeroclube da França, primeiro órgão aviatório do mundo, jornalistas e um público de curiosos, perfazendo quase mil assistentes. O 14 Bis tinha trem de pouso, um motor de 50HP e decolava e pousava por meios próprios, requisito necessário de acordo com a definição de um avião, segundo o Aeroclube da França. Em suma, os irmãos americanos tinham um planador com motor, e não um avião”, defende Gustavo de Mello, historiador do Museu Aeroespacial do Rio de Janeiro.
    Só para deixar algumas coisas claras:
    A frança não reconhece o Santos Dummont como inventor pq eles tem o proprio inventor do avião que foi Clément Ader e se baseiam nisso pois dizem que tem registros militares de que esse cara conseguiu voar.
    A maioria dos paises não reconhecem Santos Dummont como inventor pq na epoca da Segunda Guerra os EUA faziam uma forte propaganda dos irmaos Wright e todos sabem que os EUA tem uma forte influencia.

    ResponderExcluir
  48. Nossa que texto esdrúxulo!!Sinceramente, não saia lendo qualquer besteira ou qualquer artigo sem fundamento. Santos Dumont foi quem patenteou o avião como o conhecemos hoje...o tal avião tinha motor próprio(de baixa potência,mas avançado para sua época)...diferente das catapultas usadas pelos Irmãos Wright... Sabia que quem inventou o relógio de pulso foi Santos Dumont? Os Brasileiros tbm são inventores!
    Vc deve ser apenas um baba-ovo de americanos...pena que vc não conhece a história do seu próprio país e se sustenta por informações suspeitas.

    ResponderExcluir
  49. Todos os fatos estão corretos e cabe aos irmãos americanos a concepção e execução do avião.Outro fato importante é que os irmãos americanos desde o início já tinham o objetivo de criar uma aeronave, e não um mero balão dirigível.Se o avião precisava de trilhos para decolar, não tem importancia nenhuma, pois o objetivo era levantar vôo.Vamos deixar de patriotada e ufanismo boboca de matuto de terceiro mundo.Santos Dumont teve seu valor num determinado período, mas sua invenções não levaram a lugar nenhum. Enquanto isso o invento dos irmãos americanos progrediu e evoluiu.

    ResponderExcluir
  50. "O crédito dessa descoberta é obviamente dos irmãos Orville e Wilbur Wright."

    e os outros não contam?


    "Os dois fabricantes de bicicletas dos Estados Unidos voaram antes, voaram mais e contribuíram muito mais para a indústria aeronáutica que o inventor brasileiro."

    onde? e as contribuições de Glenn Curtiss e Louis Blériot e do proprio Santos Dumont com sua Demoiselle?

    "Relógios assim eram comuns desde os tempos de Shakespeare - a rainha Elizabeth I (1533-1603) tinha um."

    Ah tá, só falta me dizer agora que quem "descobriu" a America foi a Inglaterra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciro você nem sabe o que fala leia o texto criança

      Excluir
  51. Dor de cutuvelo tras mesmo argumentos impressionantes, não é?! Muito bons por sinal pois já li e fiz um estudo sobre isso com FONTE CONFIÁVEL , e tudo isso acima sei de cor e ainda assim não conseguiu convencer. Ademais cada um prefere acreditar no que quer não é ?! e eu prefiro acreditar no que de fato existe provas. Alem disso essa demagogiazinha de não serem exibiscionistas ( os inventores de aviões ) não soa muito bem já que se sabe que para se vender o produto é necessário expô-lo e pela lógica se eles queriam DINHEIRO tornaria oficial o treco logo para ter a grana garantida...mas vamos deixar pra lá. Também é impressionante que você como " ADVOGADO" esboça três pontos sobre Santos Dumont e um Livro enooooooorrrrrme sobre os irmãos Wright , logo levo penso que você mal leu sobre Santos Dummont ou anda escondendo algumas cositas mais hum him hum ?!?!.... Bem ,cada um com suas convicções se você diz que Santos Dummont foi um bom inventor eu lhe digo que os irmãos Wright tambem o foram , mas se você diz que Santos Dummont foi um mentiroso ou farçante eu lhe digo que os irmãos Wright são os maiores loroteiros egocentricos do mundo.

    ResponderExcluir
  52. Este post não parece muito convicente

    ResponderExcluir
  53. De boa... parei de ler no "provavelmente gay".. como se isso fizesse alguma diferença na inserção ou não do cara na história....

    ResponderExcluir
  54. Aqui vai uma amostra do que ocorreu na época.

    " 17 De Maio de 2004, Brasil perde patentes para estrangeiros.
    Exemplos: cupuaçu e guaraná.
    O termo biopirataria é relativamente novo, embora sua prática no País seja bastante antiga, iniciada no Século XVI com a exploração do pau-brasil pelos portugueses, sem nenhuma indenização aos indígenas que viviam nas matas litorâneas brasileiras.
    Em pleno Século XXI, a biopirataria permanece no Brasil, atingindo a
    fauna e a flora, principalmente na região amazônica.
    A questão ganhou destaque com o recente episódio do cupuaçu,cujas marca e patente haviam sido depositadas por empresas japonesas.
    A reação brasileira sustou o processo em relação ao cupuaçu.
    Mas existem dezenas de outros produtos da fauna e da flora brasileiros já patenteados por estrangeiros no exterior.
    O popular guaraná tem patente depositada nos Estados Unidos.
    Plantas brasileiras como quebra-pedra, espinheira santa e andiroba também foram registradas no exterior.
    Os Estados Unidos, Japão, Inglaterra e França lideram a lista de países detentores de patentes de produtos(lê-se vida vegetal e animal) da flora amazônica."

    Ou vai dizer-me que no Japão ou USA existe florestas tropicais?
    Quando se tem interesse comercial é isso que acontece.

    ResponderExcluir
  55. É tudo PAPO FURADO!
    Falaram que...
    Testemunhas falaram que...
    Uma foto registra... (cadê a foto?)
    Um operador de telégrafo transmite a notícia... (cadê o registro?)
    Não sei a intenção (Viva a América?) mas é pura idiotice.
    Sem argumentos, sem fatos, apenas uma historinha inventada e, por sinal, muito mal montada.
    Tenta de novo...

    ResponderExcluir
  56. Os irmãos inventaram um PLANADOR, sem motor, na época do Pres. Bush, tentaram criar uma replica na America ,e não funcionou.
    Um piloto brasileira, criou uma do 14 Bis e funcionou.
    Quanto o relógio, Louis Cartier, criou 3 relógios, e deu um a Santos Dumont em forma de agradecimento.
    Agora a briga não foi com Brasileiro e sim com os Franceses, pois americano não gosta de Frances, briga antiga, isto prejudicou a historia, e todos sabem que americano são mestre em ARMAÇÃO.

    ResponderExcluir
  57. O 14-bis não era um avião, além de tudo, o Demoiselle, sim.
    Ele era mais, uma "pipa" auto-propelida.
    Aviões voam baseados em Bernuilly, o aparelho de Dumont voou em Newton.
    Quem sabe física entende.
    Repare-se as asas do seu avião, não tinham a forma aerodinâmica que gera "sustentação".

    ResponderExcluir
  58. eita povo burro esses brasileiros tupiniquins primeiro votam no collor, depois no lula, agora ficam teimando quem publicou o invento do avião, de que adianta se pobre so anda de aviao no maximo local e raramente vai ao exterior, exceto foz do iguacu e paraguai, eta povo de merda acorda e vao trabalhar, quanto a embraer e coisa de governo por isso cresce idiotas estupidos

    ResponderExcluir
  59. A ciencia prova que os irmãos wright não tinham nem como sair do chão. As réplicas comprovaram o que a ciencia já afirmava a tempos. As fotos e filmagens do flyer voando bonito existe a denuncia de que são todas de 1908.Orgãos governamentais como a estação de trem ao lado de huffmann prayrie e um quartel ali próximo jamais relataram em seus arquivos atividade aérea da parte deles. Isto que disseram que fizeram mais de 100 vôos somente naquela área. A patente tão alardeada e que pela demora o melhor era não ter nem encaminhado só saiu para um simples planador. Cadê primeiro avião registrado? Mandaram uma carta em 1906 para o capitão Ferber amiguinho deles em Paris solicitando só um favorzinho: Uma esquematização completa do 14 bis. ALPHEUS DRINKWATER, vou até colocar em maiusculas as letras, pois merece. Declarou nos anos 50 ao new york times que eles em 1903 fizeram apenas voos simples planados, e não tinha motor e nem hélice, o sr ALPHEUS, declarou isto por ter sido testemunha ocular dos vÔOS, era o telegrafista estava na torre ali perto e viu tudo, estranhamente os irmãos wright não queriam arrolá-lo como testemunha. Filmaram os vôos planados em 1902 apareceu na discovery e não conseguiram filmar os vôos motorizados depois, que estranho? será que a filmadora estragou? Jamais eles teram deixado de ter na mão apatente do primeiro avião se tivessem feito em 1903 o que Santos Dumont fez em 1906, jamais teriam deixado de filmar o feito e deixado o registro para a posteridade, jamais teriam deixado um feito assim as escuras e deixado de enriquecer logo. Olhem quem poderia ter feito o registro para eles: Aeroclube de bufalo, fundado em 1902, o próprio escritorio de marcas e patentes dos estados unidos, o Instituto Smithssonian, o exército americano. Puxa não foi chance demais de ter feito este maldito registro? hein abraços a todos e recomendo, leiam menos Leandro Narloch.

    ResponderExcluir
  60. grande alfeus drinkwater, teve a coragem de falar que em 1903 os irmãos wright não voavam apenas planaram, sem motor ou hélices. 10 dos melhores cientistas da nasa foram reunidos em 1951 em um projeto para reconstrução do flyer. todos deserdaram, pois sabiam que o artefato não sairia do chão.

    ResponderExcluir
  61. 340 kg peso do flyer 1 - motor 12 hp, 419 kg peso do flyer 2 motor 15 hp,321 kg peso do flyer 3 motor 20hps . Não sai do chão nem a pau. Precisavam de motores entre 70 e 140 hps, mas estes motores pesavam horrores. Como voaram????As réplicas construidas estão todas no chão,literalmente. As que voam os pilotos assumem que mudam muitos itens. recentemente foi feita em uma cidade americana um reconhecimento a santos dumont onde vários demoiselles voaram, e já em alguns meios ele já está sendo reconhecido como o pai da aviação

    ResponderExcluir
  62. Que artigo IDIOTA!!!!!!!!!!!!!!! Suposições vazias!!!! Lembro-me das comemorações que os americanos fizeram alguns anos atrás para honrar os Wright. Um fracasso, nenhum dos protótipos deixou o chão: alegaram chuva, vento, mal tempo... O certo é que o primeiro dispositivo capaz de levar um homem através do ar ao autopropelir-se do chão foi certamente o 14BIS de Santos Dumont. Seu protótipo funciona até hoje, como atesta a FEDERAÇÃO AERONÁUTICA INTERNACIONAL...

    ResponderExcluir
  63. A questão da potência do motor é fundamental para se ter uma idéia de quem estava mais próximo da realidade na conclusão do invento...Santos Dumont tentou voar com motor de 20 hp e não conseguiu, posteriormente, só voou quando conseguiu motor com o dobro de potência...naqueles tempos tudo era muito precário, más na Europa estavam os motores mais perfeitos para esta finalidade, e, Santos Dumont tinha mais acesso a essas novidades que os americanos.Ele tinha tambem um grade conhecimento de física aplicada,o que me convence foi ele que realmente realizou o feito!!! Agora quando se trata de povo e política norte americana, temos que ficar espertos pois eles são sutís e ao mesmo tempo muito agrecivos!!! Procurem saber a verdade sobre o desmantelamento do parque ferroviário brasileiro, que são nossos políticos e quem são os nossos irmaõs ianques!!!

    ResponderExcluir
  64. O fato é que publicamente o Santos Dumond foi o primeiro a voar. Mas o legado aos aviões modernos veio do avião dos Wright de 1908. É só olhar pro 14-bis e para os aviões que vieram depois, na primeira guerra mundial. Os aviões que voaram na primeira guerra não são decorrências do 14-bis. O 14-bis tinha asas atrás. Compara a imagem do flyer com as dos aviões da primeira guerra. O Santos Dumond realmente tirou algo mais pesado que o ar, do chão, publicamente, primeiro. Mas dizer que ele é o pai da aviação é o mesmo que dizer que os inventores da jangada são os pais dos modernos transatlânticos.

    ResponderExcluir
  65. Esta façanha ninquem tira do nosso heroi brasileiro Santos dumont
    Eu tenho orgulho de falar que sou Brasileiro.....

    ResponderExcluir
  66. PARA INÍCIO DE CONVERSA O 14 BIS POSSUI A ESTRUTURA CANNARD QUE NOS DIAS ATUAIS A BOEING E A AIRBUS ESTÃO ESTUDANDO PARA FABRICAR NO FUTURO ALGO SEMELHANTE. SENHORES, REALMENTE SANTOS DUMONT ESTAVA MUITO ALÉM DE SUA ÉPOCA E MUITOS NÃO POSSUEM O PRISMA PARA OBSERVÁ-LO.
    ESSAS PESSOAS QUE ACREDITAM NOS IRMÃOS WRIGHT SABEM QUE REALMENTE FORAM OS PRIMEIROS A INVENTAR A CATAPULTA, MAS O AVIÃO FOI SANTOS DUMONT.
    VOCÊS DEVERIAM ESTUDAR MAIS, VIAJAR MAIS PARA TRATAR DE UM ASSUNTO JÁ DISCUTIDO E RECONHECIDO PELA FEDERAÇÃO INTERNACIONAL.
    PRA MIM OS QUE NÃO ACREDITAM EM SANTOS DUMONT SÃO AVIADORES FRUSTRADOS.
    A PIOR CLASSE DE PESSOAS SÃO OS FRUSTRADOS. AO INVÉS DE LUTAR PELOS SEUS SONHOS, FICAM DIVULGANDO TEORIAS BARATAS BASEADAS EM LIVRINHOS DE QUINTA CATEGORIA... VAI SE MATRICULAR NUM AEROCLUBE E DEPOIS A GENTE DISCUTE. CONTINUEM SONHANDO...
    TERRÁQUEOS

    ResponderExcluir
  67. pra comeso de historia ate uma vaca voa se coloca ele em uma catapulta difisio e fase o que santos dumont feis

    ResponderExcluir
  68. Mas Santos Drummond que fez um verdadeiro avião,pois os irmãos fizeram uma trapaça,como no texto mesmo diz.Por isso não concordo com o termo dos irmãos inventarem o verdadeiro avião !

    ResponderExcluir
  69. Sou Norte Americano, sei que não estou diminuindo o feito dos irmãos Wright, mais mesmo na América há pessoas que acham que foi o brasileiro quem é o criador do avião, realmente ele criou uma maquina que tem características do avião moderno pois decola se mantém e pousa por conta própria.

    ResponderExcluir
  70. Os americanos são espacialista em forjar informações, eles são uma piada mundial.

    ResponderExcluir
  71. ra ra ra..brasileiro inventando o aviao.ra ra ra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Americanos so querem ser os HIGHLANDER da historia mundial so eles se consideram inventores de tudo que se movimenta neste mundo ,americanos sao um bando de farsantes ,sao trairas ,americanos sao a doença que precisa ser curada para o bem da humanidade .Eles ''U S A.Nunca levaram desacertos na historia,so conta os brios da vitoria ,foda-se os americanos e o que apoiam esse ingodo que esses irmaozinhos invetarão ,o avião.Lembre-se americano são predadores dos bens alheios do mundo.fique atentos.Ode americano pisa a discórdia começa.

      Excluir
  72. foram os ets e pronto karaio

    ResponderExcluir
  73. Ridículo e desanimador a baixa estima e menosprezo que sempre tratamos nossos nativos,e de justa crítica, insana cobrança e assustadora divergência aliada a capacidade de completar ver sinais da história.
    Papel aceita tudo até hoje.
    Por estas e outras Santos Dumont foi mostrar, compartilhar, debater e realizar na Europa tantos feitos.
    Dumont construiu sob regras rígidas, e a busca primordial, entender a obscura ciência da aerodinâmica.
    Bem que mais fizeram os Irmao? E o que fez Dumont? Sem comparação, fez ciência e muito.
    Lamentável crítica se não importa e o mundo não compara, muitos voaram antes Dumont fez ciência e provou, dos princípios seria dinâmicos tudo pode voar.
    Não se compara Dumont.

    ResponderExcluir
  74. Amigo como piloto devo acrescentar mais um ícone no quebra cabeça . Clément Ader em 1895 apx fez o primeiro vôo com motores de 15kw movidos a gasolina, e asas curvas como de morcegos.

    ResponderExcluir
  75. faz um prototipo dos whrite e poem pra voar seu corno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fizeram no aniversario de cem anos do voo e nao voou

      Excluir
  76. Essa discussão tem que um dia acabar. A exemplo do que houve com a invenção do telefone. Alexander Graham Bell tinha levado a fama por todos esses anos mas em 2002 foi reconhecida a autoria de um italiano, Antonio Meucci.t Ele teria inventado o telefone anos antes em Havana.
    A tentativa americana de usurpar crédito de Santos Dumont com esse farsa dos irmãos whright teve sucesso até recentemente, mas aos poucos a verdade vai vindo a tona e até o presidente Clinton admitiu em discurso em 1997, em vigencia de mandato, a real autoria de Santos-Dumont com relação a primeira aeronave,auto propulsionada, o 14 Bis em Paris no ano de 1906 defronte de milhares de testemunhas

    ResponderExcluir
  77. O povo americano sempre foi iludido pelo seus governantes que fazem suas fraudes enganosas...

    ResponderExcluir
  78. Os americanos não admitem a derrota, por isso ninguem gosta deles. Dizer que inventaram em segredo, sem comprovação nenhuma.kkk
    Agora querem dizer também que Santos Dumont também não inventou o relógio de pulso.
    Bando de Hipócritas.

    ResponderExcluir
  79. quem inventou o aviao foi o silvio santos por isso que ate hoje apesar da sua idade ainda brinca de aviaozinho

    ResponderExcluir
  80. É engraçado o ufanismo e o patriotismo doentio dessas amebas comentaristas.

    ResponderExcluir
  81. Quando foram criados os jogos olímpicos, o critério do país vencedor era o que obtivesse o maior número de madalhas de ouro, e os norte americanos de um bom tempo para cá levanram de lambuja todos, MAS em PEQUIM 2008 a CHINA eu disse CHINA e não BRASIL, arrasaram os americanos foram 51 medalhas de ouro dos CHINESES contra 36 do Tio Sam, e aí o que fizeram os Yankees, como no quadro geral tinham mais medalhas os tablóides esportivos mudaram o critério de classificação e se declararam vencedores dos jogos naquele ano e a hist´ria contada nas escolas podem ter certeza que não será a verdadeira e sim a manipulada por eles, como a Amazônia ser terras internacionais e Santos Dumont nunca entrou em um avião

    Assis kilder

    ResponderExcluir
  82. Tira 340kg do chão com 24hp, se vc conseguir eu acredito nos wright

    ResponderExcluir
  83. Outra coisa é que não foi postada prova alguma do que foi postado, os wright inventaram um planador catapultado, e daí que saíram do chão? Outros fizeram o mesmo antes deles de outras formas, porém, o avião como conhecemos hoje foi Dumont. Dumont trabalhou com a força aérea americana no projeto de aviões pra primeira guerra (detalhe, sem saber que a finalidade era essa. Porque não contrataram os wright?

    ResponderExcluir
  84. Parabéns pelo artigo, realmente prova por A+B que os irmãos Wright são os legítimos inventores do avião.
    Agora preciso pegar um vôo para o Rio de Janeiro. O comandante avisou que a catapulta já está pronta pra ser disparada e jogar nosso avião no ar!!

    ResponderExcluir
  85. O autor do artigo é mais um evidente paga-pau de americano. Os americanos tem lá seus méritos em muitas coisinhas, mas a invenção do avião é do Santos Dumont. Não há provas que os irmãos Wright fizeram um avião antes de 1906. Eles fizeram, no máximo, um planador. Se voaram em 1903, tiveram 3 anos para provar e obter a patente. Por não o fizeram nesse período? O próprio governo americano de então só daria a patente se eles voassem de verdade com a própria força motriz, mas eles não fizeram. O Flyer só voou, publicamente documentado, como avião mesmo, em 1908, 2 anos depois do vôo do 14bis. Em fim, os irmãos Wright e seu avião são pura propaganda enganosa.

    ResponderExcluir
  86. li ó o começo do artigo mais vc diz que o avião americano era impulsionado por 1 estilingue? então as pedras daqui onde eu moro tbm podem voar(com uma certa ajudinha kkkkkkkkkk) tua afirmação é estupida

    ResponderExcluir
  87. O QUE VOCÊS NÃO ENTENDEM SEUS ESTUPIDOS , OS IRMÃO NORTE AMERICANOS USAVAM UMA CATAPULTA OU ESTILINGUE PARA IMPULSIONAR O SUPOSTO AVIÃO, O PROBLEMA QUE PEDRAS TBM VOAM COM ESSA AJUDA.ENTÃO REALMENTE FOI SANTOS QUEM INVENTOU O AVIÃO

    ResponderExcluir
  88. carlho animais os irmaos wright criaram um ultraleve ou um planador nao um aviao

    ResponderExcluir